terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Morte

  
Te desejei tanto,

Mas quando chegaste perto de mim

Te odiei, porque levaste embora alguém

Que eu gostava muito

Muitas vezes eu quis que me levasses

Porque pensei que seria melhor

E menos doloroso

Mas não é isso o que acontece

Descobri que quando estás por perto

Não te quero mais

Porque sei que destróis tudo que se aproxima de ti

E deixas o vazio, a saudade e a tristeza no lugar

Achei que eras um bálsamo, mas na verdades

És um veneno

O mais puro veneno, pois és natural

Sei que, por mais que eu tente,

Jamais conseguirei fugir de ti

Isto até não me preocupa, porque sei que

É o fim de todos

Mas saber que vais levar todos os que amo

Faz meu coração bater apertado

Não sei nada do futuro,

Mas peço humildemente

Que me leves antes de todos

Os que amo

Para que meu coração não sofra tanto...

 

 



Nenhum comentário: