sexta-feira, 3 de abril de 2009

Pacto Eterno - por Adriano Siqueira




Deixe a janela aberta,
deite-se e vista poucas roupas.
Olhe para as estrelas e me chame.
Não precisa dizer meu nome.
Apenas pense em mim e diga baixinho...
- Sou sua!
Quando chegar a hora noturna
Estarei em seu quarto, bem perto.
Lhe darei o beijo da morte.
O beijo que muitos desejam!

Nesta noite,
conquistaremos nosso mundo, nosso destino.
A sua vida se transformará
na vida que sempre sonhou.

Juntos caminharemos pela noite,
saciaremos a nossa fome.
Os humanos irão implorar para que a suas vidas
terminem em nossas mãos.
Vamos celebrar com sangue a nossa vitória,
a nossa conquista, á nós, e finalmente!
Conhecerá o mundo como ninguém jamais conheceu!

Toma-me então, e em troca,
realizarei seus mais antigos sonhos,
seus mais secretos pedidos e
seus mais intensos desejos!

Um comentário:

Me Morte disse...

um cavalheiro adorável e vampiresco, rs
amei!