quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Crepúsculo- Resenha por Giselle Sato


Crepúsculo
(Twilight -2008)



O filme começa com um clima normal, uma adolescente como qualquer outra, Isabella Swan (Kristen Stewart) se muda para Forks, uma cidade pequena, nublada e chuvosa, perto do estado de Washington. A razão da mudança, é o novo casamento da mãe, com um jogador de baseball da segunda linha. E a vontade da mesma, de viajar com o marido, o que não poderia fazer, morando com Bella. A reaproximação com o pai, a escola onde é o centro da atenções e o reencontro com o amigo índio, dão um enfoque inicial bem tranqüilo.

O que Bella não contava, era com o fascínio que uma estranha família, causa em seu mundo tímido e triste. Os Cullen, são um grupo de jovens pálidos, lindos e arredios. Razão por si só, motivo de muita curiosidade. Em especial, o mais jovem dos irmãos, Edward Cullen (Robert Pattinson), um garoto de uma beleza e magnetismo, atordoantes e irresistíveis. Depois ela descobre que ele é um vampiro, e se desenrola um romance, o grande mote da historia.

Eis a sinopse do filme, com pitadas de situações onde a jovem é salva pelo amado e todas as informações aprendidas nos antigos filmes sobre vampiros. Quem assistiu Entrevista com vampiro, Harry Potter, Van Hensing e outros, sabe muito bem do que estou falando. Sobreviver com sangue humano ou animal? Resistir à sede e lutar contra os maus da espécie ou dar vazão a todo poder e ferocidade? Um bom fã de vampiros, conhece de cor e salteado. Então, o que tornou uma série, escrita em 2005 por uma escritora novata, um fenômeno? Vamos entrar neste universo sobrenatural...

Se tratando de um primeiro episódio de uma série, esse é um filme mais completo, com um início, meio e fim. A história, para muitas adolescentes, é linda, maravilhosa e romântica.
Romeu e Julieta do século 21, cenários lindos e a realização dos sonhos de qualquer mortal: Viver a emoção de um imortal, escalando arvores altíssimas, vendo o mundo sob um ângulo completamente diferente. E é claro, não podemos esquecer: A dor do amor frustrado, proibido, entre uma humana e um vampiro.

Ele representa o perigo, ela é uma garota diferente, que não teme o desconhecido. Estão tão envolvidos, que precisam lutar contra as inquietações desconcertantes, tão comum aos jovens e aprender a controlar seus impulsos.

Bella, aos dezessete anos, é a mistura perfeita de pureza e libido.
Edward tem sede, não de sexo, mas do sangue da amada. Querem situação mais erótica e provocante? Muitas cenas, insinuam um beijo que nunca acontece... E envolvem o publico em uma torcida apaixonada.

Enquanto isso, sensualidade, paisagens belíssimas, efeitos especiais, romance e fantasia interagem. Não foi à toa que o filme virou febre e conquistou altíssimas bilheterias. Devo admitir que o filme é delicioso e por alguns minutos, senti vontade de ter todos aqueles poderes. Quem não sentiria? Impossível resistir...

E é claro, encontrar um vampiro tão encantador, quanto Edward, personagem que Stephenie Meyer, a autora, construiu em uma trama de extraordinário suspense e que marcou sua estréia literária.

Vale citar que seus livros já venderam mais de 25 milhões de copias e foram traduzidos em 37 idiomas. A saga é contada em quatro livros, e o segundo volume, Lua Nova, já estreou nos cinemas. Posso adiantar que neste filme, Jacob Black , o amigo índio de Bella e que já deixou indícios, de ser um lobisomem, tem grande destaque na trama.

Crepúsculo vale a pena ser assistido, por todas as razões acima citadas e principalmente porque foi feito para entreter.
Por alguns minutos, deixe a realidade lá fora, e no escurinho do cinema... Liberte o jovem dentro de si e deixe-se levar pela magia.




"Quando a vida lhe oferece um sonho muito além de todas as suas expectativas, é irracional se lamentar quando isso chega ao fim"


(trecho do livro)

Diretor: Catherine Hardwicke
Roteiro: Melissa Rosenberg

Com: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Billy Burke, Ashley Greene, Nikki Reed, Kellan Lutz e Taylor Lautner.





Autora: Stephenie Meyer formou-se em literatura inglesa na Brigham Young University. Sobre este romance (Crepúsculo), ela diz: "Sempre admirei a capacidade de alguns escritores de criar situações de fantasia impossíveis e depois acrescentar personagens que são tão profundamente humanos que suas perspectivas tornam a situação real. Espero que Crepúsculo proporcione a mesma experiência a seus leitores". A escritora mora com o marido e três filhos em Glendale, no Arizona.




Descrição da Saga:
Crepúsculo: O início da saga de Isabella Swan desde sua chegada a cidadela de Forks e a descoberta de sua paixão pelo vampiro Edward Cullen no best-seller mais cultuado da atualidade. - 416 páginas


Lua Nova: Para Bella Swan, há uma coisa mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Mas estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que ela poderia ter imaginado. Edward já resgatara Bella das garras de um mostro cruel, mas agora, quando o relacionamento ousado do casal ameaça tudo o que lhes é próximo e querido, eles percebem que seus problemas podem estar apenas começando... Em Lua Nova, Stephenie Meyer nos dá outra combinação irresistível de romance e suspense com um toque sobrenatural. - 480 páginas



Eclipse: Enquanto Seattle é assolada por uma sequência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella está cercada de outros perigos. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob - uma opção que tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella vive mais um dilema: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?- 464 páginas


Amanhecer: Na aguardada conclusão da saga Crepúsculo Bella se vê a frente da difícil decisão da escolha fatal entre fazer parte do obscuro, mas sedutor, mundo dos imortais ou seguir uma vida totalmente humana. Escolha essa, que poderá significar a transformação do destino dos dois clãs: vampiros e lobisomens. Assombroso e de tirar o fôlego, Amanhecer esclarece os mistérios e os segredos desse fascinante épico romântico que tem arrebatado milhões de leitores. - 576 páginas

2 comentários:

Me Morte disse...

Eu não assisti ainda, mas estou louca pra ver! É romance vampiresco, do jeito que amo...Cheio de fantasias, entregas e eternidade...

Darkness disse...

A saga é um verdadeir deslumbre, principalmente levando-se em conta a biografia da autora. Quanto ao primeiro filme, ficou um gostinho de insatisfação. Não conseguiram captar a psique dos personagens. Já o livro é excelente sendo superado apenas pelo seu correlato "O Sol da Meia Noite" que infelizmente foi interrompido antes que a autora chegasse ao fim.