sábado, 5 de dezembro de 2009

Negociação

Deixe-me estar, voz inumana,
com equações,física quântica
em acelerado,
"1,2,3,4..."
até me arrancar da cama!

Prefiro os mortos que me telefonam
de distâncias pálidas do tempo-espaço,
contando-me segredos (que não guardo)
confiando-me recados (que não mostro).

2 comentários:

Me Morte disse...

A Flá está cada vez mais sedutora, um poema perfeito e forte. Amei!

FláPerez (BláBlá) disse...

obrigada, Me!!!
e desculpa o atraso...são as vozes rsrs
bjbjbjbjbjbj