quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Porto Alegre, zero grau


Cai o frio da noite em gelada chuva fina
Sob marquises, dúvida:  dormir ou gelar?
E, se dormir, vai acordar ou morrerá?
Se não dormir, que comerá e beberá?
A morte é o fim, um dia virá, pois sim
Enquanto isso, o que se faz pra evitar
Perde-se pra miséria vidas sem vida!





Um comentário:

Me Morte disse...

O frio fazendo suas vítimas ou as vítimas se fazendo no frio?
Adroaldo pode estar com o corpo gelado, mas sua alma continua quentíssima!
Beijos