domingo, 26 de abril de 2009

MENINO (adaptação do original de Milton Nascimento)
















Meu amigo Victor Joventino (Jotta)

Quem cala sobre teu corpo,
consente na tua morte
talhada a ferro e fogo
nas profundezas do corte
que a FACA marcou no peito.

Quem cala, morre contigo
mais morto que estás agora.
Relógio no chão da praça
batendo, avisando a hora
que raiva traçou...

No incêndio repetido
no brilho do teu cabelo...
Quem grita, vive contigo!!!...

Um comentário:

Me Morte disse...

deve ser uma gde cara e gde amigo!
parabéns! bela homenagem...