sexta-feira, 24 de julho de 2009

paródia parabólica

A palavra coisa
não é tal coisa
como palavra
ela outra coisa
é para quem lê
coisa fosse era
lavra de amor
ou, sem sorte,
ceifa da morte

Nenhum comentário: