sábado, 24 de julho de 2010

Morrer de amor

Só morre de amor quem mais não tem amor,
então não morre de amor, morre de desamor.
Vive mais quem ama sempre.

3 comentários:

Me Morte disse...

Na minha opinião:
O amor só é morte para os que acreditam na imortalidade da alma.Então ele é nascimento, vida e morte.
Só não se mata por amor, isso é ilusão do ódio. Mas se morre por ele, ah, isso sim...
Palavra de Me Morte, hehehe

Adroaldo Bauer disse...

por certo morre-se por um amor, por amor, mas, como disse, não se morre de amor... beijo Me.

Ana Kaya disse...

Lindo e sósia do meu poema de mesmo título ehehehh.
Parabéns amigo.
Bjs