sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

UM DIA EM NOSSA VIDA IMORTAL


Ah, aquela tarde fria de outono,
As folhas cobriam o chão.
Formando um tapete natural,
Por onde caminhava nossa paixão.

Eu e você envoltos,
Na suave bruma do fim de tarde.
Recém acordados de nosso repouso.
Mais uma noite de nossa eternidade.

As estrelas já estavam a brilhar,
No profundo e escuro azul do céu.
Pequenas amostras do brilho
De seus olhos, atrás do véu.

Profundamente inspiramos,
O ar da noite que cai.
Sentindo a fome que cresce lentamente.
Fome eterna, que nunca se vai.

Hoje caçaremos outra vez.
Acobertados por séculos, sem punição.
E beberemos o sangue morno,
Num doce brinde a nossa união.

Eu e você, assassinos sanguinários.
Temidos, odiados e malditos.
Mas ninguém sabe da imensa dor,
De viver sempre neste horror.

Só temos um ao outro.
Para sobreviver aos séculos que virão.
Nosso amor é forte e sem fim.
Lindo em sua perfeição.

E mais uma aurora se anuncia,
Detrás dos montes verdejantes.
Voltemos amor, ao nosso descanso.
Onde seremos, como sempre, imortais amantes.

By Ana Kaya

7 comentários:

Emerson Sarmento disse...

Nossa o.O
que lindoo!
O título está genial...
esse poema podia ser fruto de um otimo livro de romance!
ahah!
parabens!!

Grande Beijo!

Me Morte disse...

Nossa!
O Vale ta explodindo de paixão!!!
Beijos

Ana Kaya disse...

Oi Emerson, muito obrigada.
Sem falsas modéstias, eu adoro este poema.
Podia ser verdade e eu ser a parte feminina do casal ehehehheh.
Aí que está todo mundo fala que meus contos dariam ótimos livros, mas não consigo ainda estender a estória tão longamente assim.
Mas meus contos são enormes, um dia eu chego lá. Até meu livro é só de contos eróticos com vampiros, mas contos.
Bem, só pra te deixar um beijo e um muito obrigada pelo incentivo.
Ana

Ana Kaya disse...

Ah Me, eu sou uma eterna apaixonada............

Me Morte disse...

Ana, gostou da fotinha?
rsssssssssss

Ana Kaya disse...

Ameiiiiiiiiiiiii a foto Me.
Vc sempre tem bom gosto.
Que beijinho mais sangrento, lindo.

OBRIGADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

djair_capoeira disse...

Realmente Aninha, não conhecia esse seu talento.
Parabéns, moça.
Bom saber que eu tenho uma miga que escreve tão maluco e tão bonito.
Sucesso, minha amiga.
Bjo do Dja