sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Prematura


Não planejei
Mudar de ares
Ou dimensão
Asfixia sem dor
Paralisia, torpor
Matar o dia
E a noite
E os anos
Os planos
O amor

4 comentários:

Let's disse...

É assim..que a vida é ...nada e planejado...ainda bem...senão seria morna e chata..boa semana

Cris disse...

Se houvesse planos para se viver, o mundo já teria acabado, pois as pessoas são imaturas para a vida.
bjs

Adroaldo Bauer disse...

plano é metro
que não nos guia
a existência,
acontece aos sobressaltos
ou uma rotina nos assalta
nos tenta à agonia
para sufocamento certo

Me Morte disse...

Legal que sacaram...Acho que disseram tudo! Valeus!
Ah!Lindo poema amigo Bauer!